Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Cameron tranquiliza europeus e pede confiança aos britânicos

Cameron tranquiliza europeus e pede confiança aos britânicos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

David Cameron tranquiliza os cidadãos europeus que trabalham no Reino Unido e afirma que o país não vai voltar as costas à EU.

O primeiro-ministro e o líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, discursaram na Câmara dos Comuns sendo a primeira reunião parlamentar após o referendo de domingo que irá conduzir o Reino Unido fora da União.

“Não foi o resultado que eu queria, nem o resultado que eu acredito ser o melhor para o país, mas não pode haver dúvida sobre o resultado. É claro que mantenho o que disse sobre os riscos. Vai ser difícil. Nós já vimos que vai haver ajustamentos na economia, nas complexas questões constitucionais e nova negociação para realizar a saída da Europa. Mas claramente o meu gabinete concordou esta manhã que a decisão deve ser aceite e o processo de aplicação da decisão deve ser feito da melhor maneira possível deve agora começar “.

Cameron recusa acionar imediatamente o artigo 50, pelo menos até outubro. A sua maior preocupação é para já a estabilidade do país nos setores da economia e segurança.