A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Expo Milão 2015: 11 pessoas detidas em Itália

Expo Milão 2015: 11 pessoas detidas em Itália
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia italiana deteve, esta quarta-feira, em Milão 11 pessoas suspeitas, entre outros, de crimes tributários, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha em contratos da Expo Milão 2015.

No centro do inquérito está o consórcio de cooperativas Dominus Scarl, contratado pela Fiera Milano para levantar alguns dos pavilhões da exposição.

“É uma operação muito importante porque mostra, mais uma vez, a estreita ligação entre as organizações criminosas e o crime económico. Estas empresas estavam envolvidas na criação de fundos falsos e evasão fiscal” refere o Procurador de Milão, Francesco Greco.

O consórcio Dominus Scarl está em nome de Giuseppe Nastasi, o principal suspeito que figura na lista de detidos esta quarta-feira. Durante a operação foi também detido um dos seus colaboradores e um advogado.