EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Governo português condena atentado de Nice

Governo português condena atentado de Nice
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As reações ao massacre de Nice, a nível internacional, não se fizeram esperar.

PUBLICIDADE

As reações ao massacre de Nice, a nível internacional, não se fizeram esperar. O governo português condenou o “atentado que ataca a França e os Europeus” e adiantou, nas redes sociais, que “a Embaixada e Consulados portugueses estão a trabalhar com as autoridades francesas.

Condenamos veementemente este atentado que ataca a França e os Europeus. Manifestamos total solidariedade para com França e os franceses 2/3

— República Portuguesa (@govpt) 14 juillet 2016

Dos Estados Unidos foi John Kerry que condenou o ataque:

“Juntamo-nos à vossa manifestação do mais profundo repúdio pela impressionante carnificina que ocorreu em Nice. O problema é que vocês, eu e os outros ministros e líderes de países estrangeiros, fazemo-lo agora quase semanalmente”, referiu o Secretário de Estado dos EUA.

Também Vladimir Putin expressou solidariedade para com França até porque, refere o chefe de Estado, a Rússia sabe o que é o terror:

“Caro François, a Rússia sabe o que é o terror e as ameaças que ele cria. O nosso povo já enfrentou tragédias como esta e os russos sentem dor pelo que aconteceu. Têm simpatia e estão solidários para com o povo francês”, adiantou Putin.

A nova Primeira-ministra britânica também já reagiu. Theresa May diz estar em choque:

“Estou chocada e triste com o ataque horrível em Nice. Os nossos corações estão com o povo francês e todos aqueles que perderam entes queridos ou ficaram feridos. Temos de trabalhar com a França, e os nossos parceiros por todo o mundo, para defender os nossos valores e os da nossa liberdade”, afirmou May.

I pray for the victims of the attack in Nice and their families. I ask God to convert the hearts of the violent blinded by hate.

— Pope Francis (@Pontifex) 15 juillet 2016

Nas redes sociais o Papa Francisco deixou também uma mensagem de pesar pelas vítimas. Já o Presidente português enviou uma missiva de condolências a Hollande e deixou “uma mensagem de amizade e coragem”, para os portugueses em Nice, “neste momento de dor”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia francesa mata homem que tentava incendiar sinagoga em Rouen

Ataque terrorista de Moscovo: tribunal rejeita recurso de um dos suspeitos

Polícia trata esfaqueamento de Sydney como "ato terrorista"