EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Rebeldes sírios e forças pró-Assad preparam batalha crucial por Alepo

Rebeldes sírios e forças pró-Assad preparam batalha crucial por Alepo
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rebeldes sírios e forças pró-regime fizeram avançar para zona de Alepo milhares de homens, segunda-feira, em preparação de uma batalha crucial pelo controlo da segunda maior cidade…

PUBLICIDADE

Rebeldes sírios e forças pró-regime
fizeram avançar para zona de Alepo milhares de homens, segunda-feira, em preparação de uma batalha crucial pelo controlo da segunda maior cidade síria.

No sábado, os insurgentes conseguiram derrubar o cerco que os pró-Assad impunham à parte leste da cidade.

No domingo, forças pró-regime, apoiadas pela força aérea russa, tentaram recuperar o território e as importantes linhas de abastecimento que, entretanto, tinham perdido.

The battle for Syria's Aleppo just went through a chaotic 48 hours https://t.co/i4Aqtitv5Lpic.twitter.com/6EJSMCmsIk

— VICE News (@vicenews) August 8, 2016

“O que foi alcançado (em Alepo) é quase um milagre, porque os nossos combatentes não enfrentam apenas o regime sírio, eles também enfrentam as milícias, o Hezbollah, as milícias iranianas e a Rússia. Se a comunidade internacional está pronta para a transição política, nós estamos mais do que prontos para fazer isso. Mas essa prontidão, essa seriedade, tem de ser mostrada em ações, não só em palavras,” declarou o presidente da Coligação Nacional Síria.

The Syrian National Coalition elects new president: Anas al-Abdah. pic.twitter.com/VYld4zafdY

— Zaid Benjamin (@zaidbenjamin) March 5, 2016

Quando os rebeldes conseguiram derrubar o cerco a Alepo, no sábado, muitos habitantes vieram para rua celebrar.

Rebel offensive in Syria challenges government siege of Aleppo https://t.co/XnICWJiSGapic.twitter.com/D3g4Sf83YI

— New York Times World (@nytimesworld) August 8, 2016

Entretanto, cerca de 2.000 combatentes pró-régime, sírios, iranianos, iraquianos e membros do Hezbollah libanês chegaram a Alepo, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos,

Segundo a mesma fonte, os rebeldes receberam o reforço de combatentes uigures chineses.

A batalha de Alepo é de grande importância para as partes em conflito e para os seus aliados no exterior. Rússia e Irão apoiam o regime do presidente Bashar al-Assad, enquanto o Ocidente, a Turquia e Arábia Saudita apoiam os rebeldes.

A guerra na Síria, iniciada em março de 2011 após a repressão de protestos pacíficos pró-democracia, tornou-se mais complexa com o envolvimento de forças internacionais e grupos jihadistas.

O conflito na Síria já custou a vida a mais de 290.000 pessoas, provocou a fuga de mais da metade da população e causou um terrível crise humanitária.

Siria, decine di famiglie lasciano Aleppo tramite corridoi umanitari #Siriahttps://t.co/85oDGnFY51pic.twitter.com/gTG5Ks5G6i

— Tgcom24 (@MediasetTgcom24) July 30, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar