Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rio2016: Polícia brasileira detém Patrick Hickey, membro do Comité Executivo do COI

Rio2016: Polícia brasileira detém Patrick Hickey, membro do Comité Executivo do COI
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia brasileira deteve esta manhã, segundo vários meios de comunicação brasileiros, Patrick Hickey, membro do Executivo do Comité Olímpico Internacional.

O também presidente do Comité Olímpico da Irlanda foi detido onde estava hospedado, o Windsor Marapendi, na Barra da Tijuca, mas levado para o hospital, depois de dizer que se estava a sentir mal. Hickey sofreu um ataque cardíaco há seis meses.

Patrick Hickey é acusado de fazer parte de um esquema de venda ilegal de bilhetes destinados ao Comité irlandês e que não podiam ser vendidos, como explica Ricardo Barbosa, investigador do departamento anticorrupção:

“Além disso, outros ingressos vieram, diretamente, do Comité Olímpico da Irlanda, são nominais ao Comité Olímpico da Irlanda, não podiam estar na posse da THG e não poderiam ser objeto de venda a título de programa de hospitalidade.”

Deste a semana passada que várias pessoas foram detidas no âmbito deste processo. Também esta quarta hoje terão sido presos Ken Murray, Eamon Collins e Michael Glynn, da empresa Pro 10, que comercializa os bilhetes do Rio 2016.

Bilhetes para os grandes eventos olímpicos terão chegado a valores astrómicos. Como um deles, para a cerimónia de abertura, que chegou aos 8 mil dólares.