Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Colômbia: FARC anunciam o fim da guerra

Colômbia: FARC anunciam o fim da guerra
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Acabou a guerra na Colômbia.

A guerra acabou.

Rodrigo Londoño "Timochenko" Líder máximo das FARC

O anúncio foi feito pelo líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Rodrigo Londoño, conhecido por “Timochenko”, decretou um cessar-fogo definitivo a partir das 00:00 de segunda-feira (06:00 em Lisboa), depois do histórico acordo de paz assinado na semana passada com o governo colombiano.

“Hoje, mais do que nunca, lamentamos tantas mortes e a dor causada pela guerra. Hoje, mais do que nunca, queremos abraçar os nossos compatriotas e começar a trabalhar, unidos, por uma nova Colômbia. A guerra acabou”, anunciou o líder das FARC.

Na quinta-feira, o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, anunciou um cessar-fogo definitivo para a mesma hora.

É o fim de mais de meio século de conflito.

Os acordos de paz assinados em Havana, Cuba, são o culminar de quase quatro anos de negociações. Serão assinados oficialmente pelas duas fações em finais de setembro, sendo depois submetidos ao escrutínio dos colombianos num referendo, a 02 de outubro.

Os mais de 7500 mil guerrilheiros das FARC deverão entregar as armas, ainda em setembro, uma operação que decorrerá sob a supervisão das Nações Unidas.

O conflito, na Colômbia fez mais de 260 mil mortos, 45 mil desaparecidos e 6,8 milhões de deslocados.