Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

François Hollande critica ofensiva turca na Síria

François Hollande critica ofensiva turca na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de Estado francês criticou, esta terça-feira, a intervenção militar turca na Síria. Em causa a ofensiva contra os rebeldes curdos, apoiados pelos Estados Unidos que combatem os radicais do Estado Islâmico. Durante a Conferência dos embaixadores, no Eliseu, François Hollande criticou ainda a Rússia, país aliado do Presidente sírio, Bashar Al-Assad.

“Não há lutas vitoriosas contra o terrorismo sem que as crises que as alimentam estejam resolvidas e isso não acontece nos dias de hoje. É, portanto, tempo de acabar com a carnificina e a França apela uma uma trégua imediata em Alepo” afirma Hollande.

De acordo com a ONU, a cidade localizada noroeste da Síria não recebe ajuda humanitária há mais de um mês.

Hollande considera que a ofensiva militar turca, na Síria, não ajuda a chegar à paz.

“Estas intervenções múltiplas e contraditórias arriscam-se a incendiar os ânimos. Por isso, é urgente parar os combates e voltar às negociações” acrescenta o Presidente francês.

O chefe de Estado francês falou, ainda, da tensão crescente na Ucrânia. Hollande promete retomar as negociações com o presidente russo e o homólogo ucraniano para garantir um cessar-fogo e a realização de eleição na região de Donbass, ocupada pelos separatistas.