A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Quirguistão:Ataque contra embaixada chinesa

Quirguistão:Ataque contra embaixada chinesa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Atentado contra embaixada chinesa no Quirguistão provoca três feridos. Um bombista suicida fez-se explodir de carro contra a porta da embaixada da China em Bisqueque, a capital do Quirguistão.

Os três feridos, todos funcionários da embaixada, foram hospitalizados. Até ao momento, as autoridades quirguizes não anteciparam nenhuma versão sobre os possíveis motivos do atentado.

O Quirguistão, com uma população de aproximadamente de 6 milhões de habitantes, é uma antiga república soviética na Ásia Central.

Neste país, as autoridades chinesas foram já alvo de um ataque em 2000 atribuído então a radicais da minoria chinesa Uighur.