EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA: "Power off" para o Samsung Note 7

EUA: "Power off" para o Samsung Note 7
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A autoridade norte-americana de proteção do consumidor lançou o alerta para os problemas de sobreaquecimento da bateria de lítio do último telemóvel da marca sul-coreana…

PUBLICIDADE

A autoridade norte-americana de proteção do consumidor lançou o alerta para os problemas de sobreaquecimento da bateria de lítio do último telemóvel da marca sul-coreana Samsung.

A “Consumer Product and Safety Commission” (Comissão de Segurança dos Produtos de Consumo) pediu aos utilizadores que desliguem e deixem de recarregar o aparelho.

A Samsung anunciou na semana passada que iria retirar dois mil milhões e meio de Galaxy Note 7 depois de várias baterias do modelo terem entrado em combustão espontânea, ou explodido durante a carga.

A empresa sul-coreana tinha anunciado um plano voluntário para retirar o produto do mercado. As autoridades de Washington anunciam para breve uma proibição oficial da venda do modelo defeituoso.

Várias companhias aéreas e autoridades aeronáuticas mundiais tinham já decidido proibir a utilização do telemóvel em voos comerciais.

A suspensão e retirada do mercado do aparelho poderá custar mais de 5 mil milhões de dólares à marca sul-coreana, cujas ações terminaram em quebra de 3,9% na bolsa, na sexta-feira.

A situação faz aumentar os receios em torno das baterias de lítio, quando a autoridade aeronáutica dos EUA registou pelo menos 171 incidentes relacionados com fogo, fumo ou sobreaquecimento de baterias deste tipo, durante voos comerciais, desde 1991.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Astronautas da missão SpaceX Crew-7 chegam à Terra

Responsável pela criação do ChatGPT readmitido pela startup OpenAI

Gigantes da tecnologia discutem Inteligência Artificial