A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

FIAT Chrysler anuncia retirada de 1.9 milhões de carros após defeito em airbags

FIAT Chrysler anuncia retirada de 1.9 milhões de carros após defeito em airbags
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um defeito de fabrico nos airbags levou a Fiat Chrysler a anunciar esta noite a retirada do mercado de quase dois milhões de viaturas.

A decisão refere-se a veículos produzidos entre 2010 e 2014, como alguns modelos da Chrysler, o Dodge Caliber, os modelos Patriot e Compass da Jeep e o Lancia Flavia.

Segundo a empresa, o defeito que seria responsável por incidentes que provocaram três mortes e cinco feridos, impedirá a ativação dos airbags e dos pré-tensores dos cintos de segurança após um choque.

O anúncio da Chrysler surge depois da General Motors, na semana passada, e a Toyota, em Junho, terem retirado do mercado mais de 5 milhões de viaturas na sequência de defeitos no sistema de ativação dos airbags das suas viaturas.