EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Aquecimento global: 2016 bate recordes

Aquecimento global: 2016 bate recordes
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

2016 está a ser o ano mais quente da história, pelo menos desde que há 137 anos começaram a ser registadas as temperaturas do planeta.

PUBLICIDADE

2016 está a ser o ano mais quente da história, pelo menos desde que há 137 anos começaram a ser registadas as temperaturas do planeta.

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) lança o alarme: a subida de temperaturas passou a ser norma e é urgente implementar o Acordo de Paris, que estabelece as metas de redução das emissões de gases com efeito de estufa.

“É urgente que seja ratificado o Acordo de Paris e mais importante ainda que seja implementado. O planeta está a enviar-nos sinais de alarme e é preciso agir, é necessário reduzir rápida e drasticamente as emissões de gases com efeito de estufa”, disse esta sexta-feira em Genebra a porta-voz da OMM, Claire Nullis.

When will it end? Another month. Another global temperature record, NASAGISS</a> <a href="https://t.co/Nudww3tGAh">https://t.co/Nudww3tGAh</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/climatechange?src=hash">#climatechange</a> <a href="https://t.co/NYdab28dC8">pic.twitter.com/NYdab28dC8</a></p>&mdash; WMO | OMM (WMO) 12 septembre 2016

Este ano foram registados níveis de concentração de dióxido de carbono extremamente altos.

As consequências do aquecimento global fazem-se sentir tanto na superfície da terra como nos oceanos.

O aumento das temperaturas tem destruído, em várias regiões do planeta, os recifes de corais, que servem de abrigo a um quarto de toda a vida marinha, dois milhões de espécies de peixes, moluscos, algas e crustáceos. Isto porque a subida da temperatura das águas provoca a morte das algas zooxantelas, que vivem em relação de simbiose com os recifes de corais.

“Climate change is a real-world drama more riveting and more profound than any movie” – EdwardNorton</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/CNNow?src=hash">#CNNow</a> <a href="https://t.co/kGNG6vfgbx">pic.twitter.com/kGNG6vfgbx</a></p>&mdash; UN Climate Action (UNFCCC) 12 septembre 2016

Partilhe esta notíciaComentários