EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Debate faz Hillary Clinton subir nas sondagens

Debate faz Hillary Clinton subir nas sondagens
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O confronto televisivo de domingo à noite ficou conhecido como "o mais feio da história".

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos vivem a “ressaca” daquele que é já conhecido como o debate presidencial mais feio da história do país e ainda na sombra dos comentários machistas de Donald Trump, feitos há 11 anos e agora revelados.

O presidente da Câmara dos Representantes, o republicano Paul Ryan, decidiu não participar em ações de campanha de Trump. O candidato republicano respondeu pelo Twitter e diz que Ryan deveria preocupar-se em gerir os problemas no Congresso:

Paul Ryan should spend more time on balancing the budget, jobs and illegal immigration and not waste his time on fighting Republican nominee

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) October 10, 2016

“Reunimos multidões em todo o lado. No Ohio e na Florida estamos a ter um grande desempenho. Na Florida temos um avanço de pelo menos 25 mil votos, é impossível estarmos três pontos aquém. As sondagens estão falseadas, vivemos num sistema falseado” – Palavras de Trump em Wilkes-Barre, na Pensilvânia, no primeiro comício depois do debate, em que atacou as sondagens, que deram a Hillary Clinton a vitória no debate.

Em Detroit, onde também deu um comício de campanha, a candidata democrata voltou a atacar os preconceitos do adversário, com as mesmas palavras que usou no debate: “Ele desrespeitou e denegriu os afro-americanos, os latinos, os muçulmanos, os prisioneiros de guerra, os deficientes e os imigrantes. É um insulto à igualdade de oportunidades”.

We counted all the times Donald Trump lied in last night’s debate so you didn’t have to. https://t.co/kHkzkVkfmv

— Hillary Clinton (@HillaryClinton) October 11, 2016

Depois da revelação das palavras polémicas de Trump e do debate de domingo, Hillary Clinton ganhou pontos nas sondagens. O último estudo feito pela NBC e pelo Wall Street Journal dá a Clinton uma vantagem de 11 pontos sobre o republicano.

“Red and bloody meat”: 3 takeaways from the second presidential #debatehttps://t.co/ybFBADLatQeuronews</a></p>&mdash; Stefan Grobe (StefanGrobe1) October 10, 2016

Entretanto, o debate deu origem a várias paródias:

All presidential debates should be sung w/ soothing melodies… schmoyoho</a> <a href="https://twitter.com/gregorybrothers">gregorybrothers#debatepic.twitter.com/jLINKLzqZx

— Joseph Gordon-Levitt (@hitRECordJoe) October 10, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidenciais EUA: Segundo debate marcado por acusações e insultos

Será que a escolha de JD Vance é sinónimo de problemas para a Europa?

Biden reafirma que ainda está na corrida para as presidenciais