Última hora

Última hora

Samsung tenta limitar danos do Note 7, mas não evita queixa em tribunal

Em leitura:

Samsung tenta limitar danos do Note 7, mas não evita queixa em tribunal

Samsung tenta limitar danos do Note 7, mas não evita queixa em tribunal
Tamanho do texto Aa Aa

É o tudo por tudo para guardar clientes. A Samsung oferece um programa de upgrade aos sul-coreanos afetados pelos problemas do Galaxy Note 7. Estes poderão trocar o aparelho defeituoso por um Galaxy S7, por metade do preço, e depois passar para o Galaxy S8 ou Note 8, que serão lançados no próximo ano.

A Samsung procura limitar os danos para a imagem, após a suspensão da produção e da venda do Note 7, devido a incêndios das baterias.

O programa de upgrade junta-se à atribuição de incentivos financeiros, já em curso, de cerca de 88 euros por cliente.

No entanto, mais de 520 sul-coreanos uniram-se a vão a tribunal pedir compensações superiores, na ordem dos 500 mil wons (cerca de 405 euros) por cliente.

Na ação, interposta junto de um tribunal de Seul, alega-se que os problemas causaram ansiedade aos clientes que se viram obrigados a recorrer, por diversas vezes, ao apoio técnico para verificar os seus dispositivos ou trocá-los.

A Samsung enfrenta uma queixa semelhante nos Estados Unidos.