EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Selva" de Calais está a ser desmantelada sem incidentes

"Selva" de Calais está a ser desmantelada sem incidentes
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades francesas começaram a desmantelar a “selva” de Calais esta segunda-feira.

PUBLICIDADE

As autoridades francesas começaram a desmantelar a “selva” de Calais esta segunda-feira. Neste campo de refugiados e imigrantes viviam entre seis mil e oito mil pessoas. Até ao final do dia devem partir duas mil pessoas, transportadas em 60 autocarros.

There is currently no queue for the busses as people got fed up waiting. Authorities have told us busses will continue for few more hours.

— Refugee Info Bus (@RefugeeInfoBus) October 24, 2016

“Há alguns meses, este campo por trás de mim era um acampamento gigante, mas foi entretanto demolido pelas autoridades locais. Agora estão preparadas para destruir o resto da “selva”, mas muitos dos que vivem no campo estão contra”, disse o enviado da Euronews a Calais, Zsíros Sandor.

Al Hasan, 26, from Basra has created a small garden in the #Calais#Jungle camp. “I will stay here until the police ask me to leave” he says pic.twitter.com/oESxOOoVOx

— Stefan Simanowitz (@StefSimanowitz) October 24, 2016

A evacuação estava a correr num ambiente calmo, depois de durante a noite ter havido incidentes. Alguns dos migrantes mostram-se resignados com a partida, até porque se queixam do campo. “A selva não é um bom lugar, há muitos problemas. Tentam roubar-nos o telemóvel, dinheiro”, conta Hayat Khan, migrante afegão.

Os migrantes estão a ser transportados para Centros de Acolhimento e Orientação, em toda a França.

“Alguns estão resignados ao facto de que podem ter de ficar em França, mas depois do horror em que viveram não conseguir chegar a Inglaterra parte-lhes o coração”, realça um trabalhador humanitário.

Muitos dos migrantes vêm de países como o Afeganistão, a Síria e a Eritreia.

The Jungle in Calais 2003-2016“Não estou preocupado em ir para a prisão, mas quero ir para Inglaterra, apenas para Inglaterra. Não quero ficar em França, nem em nenhum país europeu”, frisa Ammar Mohammed, um migrante sudanês.

Mais de 1250 elementos das forças policiais estão mobilizados para garantir a segurança da evacuação que deve continuar até quarta-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Calais: Menores sem família no Reino Unido chegam a Londres

Migrantes: desmantelamento da "Selva" faz subir a tensão em Calais

França prepara o fim da Selva da Calais