A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Brexit só pode avançar depois de ser votado no Parlamento britânico

Brexit só pode avançar depois de ser votado no Parlamento britânico
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Brexit só pode avançar depois de ser votado no Parlamento britânico. A decisão foi anunciada esta quinta-feira pelo Supremo Tribunal do Reino Unido. Os juízes consideram que o governo de Theresa May não pode ativar o artigo 50 do Tratado de Lisboa sem antes consultar os deputados.

Recorde-se que um grupo de cidadãos interpôs processo no tribunal para evitar que a primeira ministra iniciasse formalmente as negociações de saída da União Europeia sem consultar o parlamento. A chefe do executivo já tinha anunciado que pretendia avançar com o processo até ao final de março do próximo ano.

Esta decisão, no entanto, ainda é passível de recurso para o Supremo Tribunal. Ou seja, este processo pode arrastar-se ainda por mais tempo.
Recorde-se que a 23 de junho 52% dos britânicos que foram às urnas votaram a favor da saída da União.