EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Mossul volta a estar sob fogo aéreo

Mossul volta a estar sob fogo aéreo
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de um dia de pausa, devido à má visibilidade, os bombardeamentos aéreos recomeçaram em Mossul.

PUBLICIDADE

Depois de um dia de pausa, devido à má visibilidade, os bombardeamentos aéreos recomeçaram em Mossul.

A ofensiva, para recuperar o controlo da cidade, começou há dois meses e as tropas iraquianas vão avançando, lentamente, no terreno.

Mesmo sem bombardeamentos aéreos quinta-feira foi um dia de violência em Mossul com vários ataques de bombistas suicidas que fizeram vários mortos.

Desde o início da operação que as organizações não-governamentais aumentaram os seus esforços de apoio às populações. o Programa Alimentar contra a Fome apoiou mais de 100 mil pessoas que abandonaram a cidade.

Quase dois milhões de peregrinos terão já chegado a Karbala, a sul de Mossul, para a marcha anual de Arbaeen, que decorre a 20 de novembro, e que marca o fim de um período de luto por Hussein bin Ali, figura importante para os xiitas muçulmanos. A realização desta cerimónia pode agravar a situação no país.

Estima-se que participem na celebração mais de 20 milhões de peregrinos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mossul: Milícias xiitas tomam aeroporto de Tal Afar

Iraque: Bashiqa e Nimrud foram libertadas do Daesh

Iraquianos regressam a casa e começam a receber ajuda