Israel vai construir mais 250 mil casas em colonatos na Cisjordânia

Israel vai construir mais 250 mil casas em colonatos na Cisjordânia
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A medida é condenada pela Autoridade Palestiniana e pela comunidade internacional.

PUBLICIDADE

O governo de Israel deu luz verde para a construção de 2500 novas casas na Cisjordânia, a grande maioria no colonato de Ariel. Mais de 900 dessas casas tiveram já aprovação imediata e as outras vão passar por várias etapas, mas deverão também ter a aprovação. A medida já provocou uma reação da Autoridade Palestiniana, que considera uma provocação.

“A construção de 2500 novas casas nos territórios ocupados é uma declaração de guerra à paz, uma declaração de guerra à solução de dois Estados. Isso significa que Israel está determinado em violar a lei internacional e a resolução 2334 do Conselho de Segurança das Nações Unidas”, disse Mustafa Barghouti, do conselho executivo da OLP.

A União Europeia também já qualificou a expansão dos colonatos como “uma medida lamentável”.

A chegada de Donald Trump ao poder nos Estados Unidos acelerou estas medidas por parte de Israel. A família de Jared Kushner, genro de Trump e conselheiro da Casa Branca, tem feito importantes doações ao colonato de Beit El, às portas de Ramallah. David Friedman, apontado por Trump como futuro embaixador americano em Israel, está à frente de uma organização que é também uma das principais doadoras.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel diz ter matado três membros do Hamas num hospital na Cisjordânia

Forças israelitas terminam operações no norte de Gaza

Natal sob o signo da guerra em Belém