Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Críticas de Trump à segurança de Paris

Críticas de Trump à segurança de Paris
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos EUA, Donald Trump, voltou a apontar baterias à Europa – insinuando que o velho continente não é seguro.

Na convenção anual conservadora em Maryland apresentou o caso de um amigo que, aparentemente, deixou de visitar França devido aos ataques de Paris e de Nice: “veja-se o que aconteceu em França: eu tenho um amigo que adora a cidade luz, adora Paris, não o via há algum tempo e perguntei-lhe como estava Paris. Respondeu-me que já não vai lá e que Paris já não é Paris.”

As críticas de Trump a Paris seguem-se às observações já feitas sobre o aumento do crime na Suécia e na Alemanha.

A Presidente da Câmara de Paris respondeu em jeito de provocação através do twitter, postando “Para o Donald e para o amigo Jim, da Torre Eiffel, estamos a celebrar a atratividade de Paris com o Mickey e a Minnie”.

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Jean-Marc Ayrault, também se juntou ao movimento dando as boas vindas aos “3,5 milhões de turistas americanos que visitaram França em 2016”.