Casa Branca diz que Trump não sabia de relações de Flynn com Estado turco

Casa Branca diz que Trump não sabia de relações de Flynn com Estado turco
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Flynn representou interesses turcos e recebeu mais de 400 mil euros em pagamentos no ano passado, segundo o New York Times.

PUBLICIDADE

Com Reuters

A Casa Branca disse que o presidente Donald Trump soube apenas esta semana que o antigo Conselheiro para a Segurança Nacional, Michael Flynn, tinha trabalhado com o Estado Turco.

Flynn representou interesses turcos e recebeu mais de 400 mil euros em pagamentos no ano passado, segundo o diário New York Times.

Segundo o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, as atividades de lóbi de Flynn eram um tema privado e cabia ao próprio decidir quando registar-se.

Antes da tomada de posse de Donald Trump, as relações de Michael Flynn com o Estado turco foram amplamente divulgadas e este chegou mesmo a publicar um artigo no qual defendia a necessidade de que os EUA cultivassem boas relações com Recep Tayyip Erdoğan.

O presidente dos EUA fez com que Flynn deixasse o cargo por ter debatido as sanções de Washington à Rússia com o embaixador russo nos Estados Unidos antes de que o presidente Trump assumisse o cargo, no passado dia 20 de janeiro, escondendo o teor dos encontros ao vice-presidente Mike Pence.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado

Trump recebeu presidente polaco em Nova Iorque para reunião "amigável"

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump