EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Londres: Não ao Brexit, sim à União Europeia

Londres: Não ao Brexit, sim à União Europeia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 50 mil pessoas protestaram nas ruas de Londres contra a saída do Reino Unido da União Europeia, mas a decisão parece irreversível

PUBLICIDADE

Milhares de manifestantes saíram às ruas de Londres este sábado num protesto pela iminente saída do Reino Unido da União Europeia.
A marcha coincidiu com a data que assinala os 60 anos do Tratado de Roma, documento fundador da União Europeia.

Theresa you're wrong, we're right. Momentum is building… #UniteForEurope#MarchForEuropepic.twitter.com/haqT8uP7FQ

— Bristol For Europe (@Bristol4Europe) March 25, 2017

Na próxima quarta-feira, a primeira-ministra Theresa May dará início ao complexo e longo processo de saída do bloco a que o Reino Unido se juntou há 44 anos.

Cathy Connor foi com a filha à manifestação, mesmo que a esperança na força popular contra os desígnios políticos seja diminuta:

“Não creio que a nossa marcha…para ser sincera, acho que não vai fazer diferença nenhuma e que vamos acabar por sair da união Europeia. Mas a história vai ser escrita e registará que protestámos, quando tudo correr muito mal. Vai ser como a marcha contra a guerra no Iraque – um milhão de pessoas nas ruas e eles não ouviram.”

Já Christine Ce não está no seu país de origem e é esse o maior motivo da participação no protesto: “Porque sou francesa e vivo no Reino Unido e tenho medo de que os meus direitos não se mantenham depois do Brexit.”

#UniteForEurope the kids' sign got a lot of attention! pic.twitter.com/PcsfMdqF6H

— Dr Hannah Thompson (@BlindSpotHannah) March 25, 2017

A marcha “Unidos pela Europa” teve término na Praça do Parlamento, cenário do ataque de quarta-feira passada por parte de Khalid Masood, nascido no Reino Unido e convertido ao islão e que vitimou 4 pessoas.
Foi feito um minuto de silêncio em memória das vítimas antes do início da marcha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reino Unido prepara-se para uma mudança política com o Partido Trabalhista a tentar uma vitória eleitoral histórica

Afinal, Nigel Farage vai concorrer às eleições no Reino Unido

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana