Última hora
This content is not available in your region

Principal líder da oposição afastado de cargos públicos

Principal líder da oposição afastado de cargos públicos
Tamanho do texto Aa Aa

Na Venezuela, o principal líder da oposição, Henrique Capriles, está proibido de exercer cargos públicos durante os próximos 15 anos. A informação é avançada pelo próprio e deriva de uma decisão judicial.

Capriles, que fica impedido de candidatar-se à presidência do país em 2018, já disse que vai recorrer.

A decisão das autoridades venezuelanas aumenta a tensão nas ruas do país. O próprio Capriles, atualmente governados do estado de Miranda, exortou a população a manifestar-se.

“Há razões suficientes para se mobilizarem, esta situação, que me foi imposta, é mais um motivo, dá mais força para irmos amanhã para as ruas da Venezuela!” – Explicou Capriles, que perdeu as eleições de 2013 para Nicolas Maduro, por uma margem mínima, estava acusado de “irregularidades administrativas” enquanto governador, entre 2011 e 2013.

A Venezuela vive momentos difíceis com uma inflação acumulada, nos primeiros dois meses deste ano, de 42,5%. Mais de 50% da população vive, atualmente, na pobreza. Muitos venezuelanos estão a fugir para o Brasil.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.