EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

EUA largam "mãe de todas as bombas" no Afeganistão

EUA largam "mãe de todas as bombas" no Afeganistão
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com Reuters / AFP / Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os Estados Unidos largaram, esta quinta-feira, a maior bomba não-nuclear de sempre, numa operação contra os extremistas do Estado Islâmico no leste do…

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos largaram, esta quinta-feira, a maior bomba não-nuclear de sempre, numa operação contra os extremistas do Estado Islâmico no leste do Afeganistão.

Conhecida como “a mãe de todas as bombas”, a GBU-43 foi lançada no distrito de Achin, perto da fronteira com o Paquistão.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, explicou que “é uma arma grande, poderosa e precisa. Visou um sistema de túneis e cavernas usado por combatentes do Estado Islâmico para se moverem livremente, tornando mais fáceis ataques contra consultores militares norte-americanos e forças afegãs na região”.

Donald Trump disse ter dado a “autorização total” para o uso da bomba, pela primeira vez em combate, numa missão que descreveu como “muito bem sucedida”.

O presidente norte-americano afirmou que tem “o melhor Exército do mundo, que fez o seu trabalho como é habitual” e para o qual recebeu “autorização total” e “é por isso que tem sido tão bem sucedido ultimamente”.

A situação em termos de segurança mantém-se precária no Afeganistão, com os talibãs e o Estado Islâmico, bem como outros grupos militantes, a tentarem reclamar porções do território, mais de 15 anos depois da invasão norte-americana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

GBU-43: "A mãe de todas as bombas"

Primeiro contingente de tropas da Alemanha chega a Vilnius para reforçar flanco leste da NATO

Porta-voz do exército israelita: "Pode haver um cessar-fogo hoje ou daqui a um ano".