Hassan Rouhani confirma recandidatura a Presidente do Irão

Hassan Rouhani confirma recandidatura a Presidente do Irão
Direitos de autor 
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O atual chefe de Estado vai ter a concorrência do clérigo xiita Ebrahim Raisi, da ala mais conservadora, que também oficializou esta sexta-feira a candidatura às presidenciais de 19 de maio.

PUBLICIDADE

Hassan Rouhani oficializou esta sexta-feira a candidatura para um segundo mandato de quatro anos como Presidente do Irão.

Em 2013, Rouhani conseguiu mais de 50 por cento dos votos logo à primeira e disse ter conseguido “uma vitória da moderação sobre o extremismo”.

Enfrentando as contínuas críticas da ala mais conservadora pelo acordo nuclear alcançado no início do ano passado com um grupo internacional (P5+1) que inclui os Estados Unidos, mas uma vez o Presidente volta a colocar como prioridade a proteção da abertura do país ao ocidente conseguida com esse acordo.

President Rouhani registers for presidential election #Iran#Rouhani#Registrationhttps://t.co/qmtoJx7u1o

— IRNA English NEWS (@IRNANews) 14 de abril de 2017

Iran's Rouhani registers to run for re-electionhttps://t.co/HzxKc7wwyDAFP</a> <a href="https://t.co/nyDUsa9dMx">pic.twitter.com/nyDUsa9dMx</a></p>&mdash; AFP Tehran (afptehran) 14 de abril de 2017

“A partir de agora, a preservação do acordo nuclear será um dos meus mais importantes objetivos, políticos e económicos, para a nação iraniana”, afirmou Rouhani, destacando o atual “muito bom” estado da economia iraniana quando “comparado com o que se verificava nos anos antes” de ele chegar à presidência. “E isto deve-se ao crescimento económico registado no último ano”, acrescentou.

“Na missão de salvar a economia, conseguimos distanciar-nos da recessão inflacionária. O crescimento económico chegou aos sete por cento depois de ter estado nos sete por cento negativos e os 40 por cento de inflação recuaram para os sete por cento em março”, disse ainda Rouhani, citado pela agência iraniana IRNA.

Além de Rouhani, também o influente clérigo xiita Ebrahim Raisi, da ala mais conservadora, confirmou esta sexta-feira a entrada nas presidenciais e, tudo indica, será o principal rival do atual Presidente.

And they enter #IranElection2017 scene => #Iran's Rouhani & his most serious rival register within hrs of each other https://t.co/JLWjjbomovpic.twitter.com/Pka8DwtH0h

— Ladane Nasseri (@LadaneNasseri) 14 de abril de 2017

Entre os mais de 800 candidatos inscritos, figura ainda o antecessor de Rouhani, o também conservador Mahmoud Ahmadinejad. A oposição costuma seguir as orientações do líder supremo para eleger o favorito, mas o Aiatola Ali Khamenei ainda não se pronunciou.

A fase de candidaturas abriu terça-feira e encerra este sábado, o Conselho de Guardiães começa a vetar nomes no domingo e as eleições são a 19 de maio.

Ex-President Mahmoud Ahmadinejad to run again despite opposition from Iran's supreme leader https://t.co/AkqRFHknh6pic.twitter.com/MmlEIuNqf6

— New York Times World (@nytimesworld) 12 de abril de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centrais nucleares iranianas não foram danificadas após alegado ataque israelita

Sistemas de defesa antiaérea iranianos terão neutralizado ataque israelita

Celebração ou preocupação: como é encarado o ataque de Israel no Irão?