Israel: Benjamin Netanyahu de novo sob suspeita de corrupção

Israel: Benjamin Netanyahu de novo sob suspeita de corrupção
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O magnata norte-americano, Sheldon Adelson foi ouvido pela polícia israelita no âmbito de uma investigação criminal que envolve o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

O chefe do governo está a ser investigado em dois casos por abuso de poder. Neste, denominado “caso 2000”, Netanyahu é suspeito de ter negociado em 2015 um acordo para uma cobertura de imprensa favorável com o dono do jornal mais vendido de Israel, Yedioth Ahronoth.

A troco, o governante comprometia-se a legislar no sentido de prejudicar o jornal gratuíto, Hayom, de Adelson, principal concorrente do Yedioth.

O primeiro-ministro tem negado as acusações. A polícia acredita que o testemunho de Adelson pode ser crucial para o progresso da investigação. A esposa do magnata deverá também ser ouvida.

Para além deste, Benjamin Netanyahu está a ser investigado noutro caso, conhecido como “caso 1000” em que é suspeito de ter aceitado prendas de um homem de negócios no valor de milhares de shekels – a moeda israelita -. A investigação deste caso já está concluída. A decisão de indiciar ou não o chefe do governo está nas mão do procurador, Avichai Mandelblit.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão

Israel diz ter descoberto túneis do Hamas debaixo da sede da UNRWA

Israel acolhe banda russa anti-Kremlin expulsa da Tailândia