Venezuela: Jovem abatido nos confrontos em Caracas

Venezuela: Jovem abatido nos confrontos em Caracas
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No octagésimo dia de confrontos violentos nas ruas de Caracas, a capital da Venezuela, um jovem de 17 anos foi morto a tiro.

PUBLICIDADE

“Foi o octagésimo dia de protestos violentos na capital da Venezuela:http://www.leparisien.fr/flash-actualite-monde/venezuela-80e-jour-de-manifestations-anti-maduro-20-06-2017-7068897.php e salda-se por mais uma vítima mortal: um jovem de 17 anos, morto a tiro. Desde abril já morreram 73 pessoas nos confrontos entre as forças policiais e os manifestantes opositores ao regime de Nicolas Maduro.

O deputado e líder social democrata, Ismael Garcia, reitera:
“Necessitamos que os organismos internacionais atuem com mais eficácia. Nada de intervenção no nosso país, mas uma maior pressão sobre este governo corrupto, acusado de lidar com o tráfico”.

Para o deputado da oposição, David Smolanski, é muito importante que na Venezuela e na comunidade internacional haja consciência do sistema autoritário que existe na Venezuela, um sistema autoritário que tem mais de 350 presos políticos e censura os meios de comunicação”.

Entretanto, A reunião da OEA no México convocada pelos países da região para analisar a situação na Venezuela, terminou sem resultados.

O reporter Alberto de Fillippis dá-nos o seu testemunho do ambiente nas ruas de Caracas: “ Vimos a polícia e a guarda nacional bolívariana a atacarem os jornalistas. Único objetivo: impedir que o mundo saiba o que está a acontecer hoje na Venezuela”.

Partilhe esta notíciaComentários