EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Governo romeno não sobrevive a moção de censura

Governo romeno não sobrevive a moção de censura
Direitos de autor 
De  Euronews com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Partido Social Democrata, em conjunto com o parceiro de coligação, retiraram o apoio a Grindeanu acusando-o de ter falhado no cumprimento de vários programas.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro romeno não sobreviveu à moção de censura apresentada esta quarta-feira pela esquerda que detém a maioria parlamentar.

Após seis meses, chega assim ao fim o governo do primeiro-ministro Sorin Grindeanu.

Os deputados aprovaram a moção por 241 contra 7 votos.

O Partido Social Democrata, em conjunto com o parceiro de coligação, retiraram o apoio a Grindeanu acusando-o de ter falhado no cumprimento de vários programas.

Segundo observadores independentes, o primeiro-ministro não teria feito o suficiente para relaxar as regras anti-corrupção.

O partido PSD pretende agora eleger um chefe do executivo preparado para proteger várias figuras sénior do partido que enfrentam acusações de corrupção e fraude.

Prevê-se que o PSD e o parceiro de coligação ALDE venham a nomear um substituto ainda esta semana.

A Roménia é vista como um dos países mais corruptos da União Europeia.

Desde 2007, ano em que o país se juntou à União Europeia que Bruxelas tem o sistema judicial romeno sob vigilância.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival das Tulipas na Roménia, uma tradição com mais de meio século

Mansão do rei Carlos III na Roménia reabriu ao público

Partidos de direita da Roménia juntam esforços para campanha às europeias