A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Colômbia celebra fim de conflito com meio século

Colômbia celebra fim de conflito com meio século
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O tão almejado dia pelo qual a Colômbia tanto ansiava chegou. Na localidade de Mesetas o país celebrou o fim do conflito que opôs, por mais de meio século, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia às autoridades do país.

Depois do acordo assinado, em 2016, as FARC depuseram as armas.


Para o presidente, Juan Manuel Santos: “hoje, 27 de junho é para mim, e creio que para a imensa maioria dos colombianos, um dia muito especial. Um dia que jamais esqueceremos. O dia em que se trocaram as armas pelas palavras.”


As FARC entregaram à missão das Nações Unidas na Colômbia, mais de 7 mil armas individuais.

O movimento foi, agora, legalizado e prepara-se para concorrer às eleições gerais em 2018.


“Adeus às armas, adeus à guerra. Bem-vinda a paz!”, exclamou o líder das FARC, Rodrigo Londoño, mais conhecido por “Timochenko”

O conflito, iniciado em 1964, opôs camponeses, guerrilhas de extrema-esquerda, milícias paramilitares de extrema-direita e as forças armadas da Colômbia.

Os 53 anos de violência fizeram mais de 260 mil mortos, 60 mil desaparecidos e mais de sete milhões de deslocados.