Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Antigo primeiro-ministro israelita libertado

Antigo primeiro-ministro israelita libertado
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo primeiro-ministro israelita Ehud Olmert foi libertado. Olmert, de 71 anos, estava preso desde fevereiro de 2016, depois de ser condenado por corrupção.

O primeiro chefe de governo israelita a ser condenado a uma pena de prisão passou um ano e quatro meses encarcerado, porque beneficiou de uma redução da pena.

Olmert foi alvo de três condenações. A primeira, 18 meses de prisão, por corrupção no âmbito do caso denominado “Holyland”. Um escândalo imobiliário que ocorreu em Jerusalém quando era presidente da câmara. O segundo, oito meses, por fraude e corrupção no caso “Talansky”, nome do empresário norte-americano que subornou quando era ministro. Tinha ainda sido condenado a um mês de prisão por obstrução à justiça.

O Ministério da Justiça e a Procuradoria decidiram não recorrer da decisão da comissão de indultos que concedeu a Olmert uma redução da pena por bom comportamento.

Olmert está obrigado a cumprir trabalho voluntário e a apresentar-se à polícia duas vezes por mês. Está proibido de deixar o país ou conceder entrevistas.