EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Deputados dizem sim ao casamento homossexual

Deputados dizem sim ao casamento homossexual
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Malta legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A lei, que teve o apoio de diferentes partidos, retira palavras como "marido", "esposa", "mãe" e "pai" da Lei de Casamento e substitui por "cônjuge", neutro em termos de género, "pai que deu à luz" e "pai que não deu à luz".

PUBLICIDADE

Malta legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Quarta-feira, o parlamento da ilha do Mediterrâneo disse sim ao casamento homossexual.

O primeiro-ministro, Joseph Muscat, tinha feito a promessa eleitoral de ser esta a primeira lei que iria apresentar perante o Parlamento no seu novo mandato

“É uma votação histórica. Mostra que a nossa democracia e sociedade estão a amadurecer. Atingimos um nível de maturidade sem precedentes. É uma sociedade onde podemos dizer que todos somos iguais,” declarou Joseph Muscat.

A lei, que teve o apoio de diferentes partidos, retira palavras como “marido”, “esposa”, “mãe” e “pai” da Lei de Casamento e substitui por “cônjuge”, neutro em termos de género, “pai que deu à luz” e “pai que não deu à luz”.

Malta era foi o 24º país do mundo a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Sem abstenções, a lei foi aprovada com 66 votos a favor e 1 contra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alemanha aprova casamento homossexual

Ascensão da extrema-direita pode por em risco direitos das pessoas LGBT, alerta a ONG ILGA

União Europeia condena lei do Iraque que criminaliza homossexualidade