EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Camboja festeja novo "tesouro mundial"

Camboja festeja novo "tesouro mundial"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O Camboja prepara-se para festejar esta segunda-feira a inclusão dos templos de Sambor Prei Kuk na lista do Património Mundial da UNESCO.

O complexo, construído no século VII, conta com mais de meia centena de templos espalhados por uma área de 2.000 hectares de floresta.

Um vestígio do império Chenla, dedicado à deusa hindu Shiva e um símbolo do nascimento da cultura Khmer que virou a página sobre a influência da Índia na região.

Segundo o responsável da segurança do Templo e chefe da comunidade Khmer, Sem Norm:

“Estou muito contente com esta decisão. Este templo esteve abandonado durante muito tempo, mas começámos a reabilitá-lo em 1994 até hoje e agora foi incluído na lista da UNESCO. Espero que o nosso povo beneficie muito disto e quero agradecer aos nossos antecessores que construiram e preservaram este templo para as próximas gerações”.

O reconhecimento da UNESCO faz prenunciar um novo recorde de visitas turísticas para o país, que deverá acolher este ano mais de 5,5 milhões de visitantes.

Alguns historiadores afirmam temer o impacto sobre o sítio arqueológico quando o país conta com outros dois sítios históricos na lista do Património Mundial, entre os quais os célebres templos de Angkor Wat.

O governo do Camboja vai organizar esta segunda-feira uma cerimónia na capital para assinalar o novo “tesouro mundial” do país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcos-dragão invadem zona ribeirinha da capital do Camboja

Líder da República Sérvia volta a ameaçar saída da Bósnia-Herzegovina

ONU avisa que sistema de saúde de Gaza "está de rastos" e suspende entregas de ajuda em Rafah