EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

O robô português que salva vidas

O robô português que salva vidas
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estudantes da Universidade de Aveiro desenvolveram um robô que tem como missão ajudar a Proteção Civil em situações de catástrofe.

PUBLICIDADE

Estudantes do Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática da Universidade de Aveiro desenvolveram um robô que tem como missão ajudar a Proteção Civil em situações de catástrofe. Imaginemos, por exemplo, o desmoronamento de um prédio. O robô é capaz de se movimentar entre os escombros, mapear o espaço em três dimensões, detetar focos de incêndio e medir a temperatura, humidade e monóxido de carbono. Em tempo real envia os dados para o exterior.

O robô – que pode ser utilizado em cenários como os de incêndio, colapsos parciais, grutas, demolições e operações de reconhecimento, busca e salvamento – está na fase final de desenvolvimento e à espera de apoios financeiros para que possa começar a trabalhar no terreno. Os seus criadores pretendem ajudar a salvar vidas.

Com 1,5 quilogramas e 23 por 28 centímetros, o robô pode facilmente ser usado em todos os cenários que necessitem de medir condições ambientais e em que a obtenção de um modelo tridimensional possa ser útil. O robô pode ainda ser usado para ajudar na avaliação da integridade e extensão de danos num edifício afetado por um sinistro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos 41 pessoas morrem em incêndio num edifício residencial no Kuwait

Incêndio de grandes proporções afeta empresa farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk

Cibercriminalidade aumenta e torna-se mais eficaz graças à inteligência artificial