EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

EUA defendem futuro dos Balcãs na direção oposta à Rússia

EUA defendem futuro dos Balcãs na direção oposta à Rússia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mike Pence expressou posição norte-americana em Podgorica, capital de Montenegro, o mais recente membro da NATO e derradeira escala da digressão pelo leste da Europa.

PUBLICIDADE

O vice-presidente dos Estados Unidos da América afirmou que o futuro dos Balcãs ocidentais está no lado oposto à Rússia, ou seja, no ocidente.

A posição norte-americana foi revelada por Mike Pence antes da cimeira do Adriático, em Podgorica, capital do mais recente membro da NATO, Montenegro, e derradeira escala da digressão oficial do vice-presidente de Donald Trump pelo leste da Europa.

“Acreditamos que o futuro dos Balcãs Ocidentais está no ocidente e esperamos poder reafirmar o compromisso dos Estados Unidos na construção dos laços que vão reforçar as alianças entre a comunidade europeia, os Balcãs ocidentais e os Estados Unidos da América”, afirmou Pence, enaltecendo ainda Montenegro pela resistência à pressão russa durante o processo de adesão à NATO.

VP Mike Pence praises Montenegro for standing up to Russian pressure when it joined NATO earlier this year https://t.co/r3v4aHKQD9pic.twitter.com/GibtvDvBGv

— ABC News Politics (@ABCPolitics) 2 de agosto de 2017

Montenegro é o mais recente representante do leste da Europa na Organização do Tratado do Atlântico Norte.

A NATO passou a contar com 29 Estados-membros a 05 de junho, com a confirmação da adesão montenegrina, aprovada dias antes, a 25 de maio, em Bruxelas, numa cimeira da aliança em que Donald Trump se estreou e foi filmado a empurrar de forma intempestiva Dusko Markovic, o primeiro ministro de Montenegro.

#Trump NATO Zirvesi’nde Karadağ Başbakanı Markoviç‘i böyle itti pic.twitter.com/P6ozeARNtu

— euronews Türkçe (@euronews_tr) 26 de maio de 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Em Montenegro é dia de escolher um novo presidente

Bulgária alimenta o sonho europeu dos Balcãs Ocidentais

No Montenegro, russos e ucranianos rezam juntos pela paz