Última hora

Odebrecht vende participação em mina de diamantes de Angola

Odebrecht vende participação em mina de diamantes de Angola
Tamanho do texto Aa Aa

O grupo brasileiro acordou a venda da participação de 16,4% na Sociedade Mineira de Catoca, que explora a quarta maior mina de diamantes a céu aberto do mundo, no leste do país, responsável por 75% da produção diamantífera anual angolana.

A mina de Catoca está avaliada em mais de 1.520 milhões de euros, pelo que a quota da Odebrecht pode valer mais de 250 milhões de euros, de acordo com a agência Lusa.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.