Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Suspeitos de ataques em Barcelona foram a Paris

Suspeitos de ataques em Barcelona foram a Paris
Tamanho do texto Aa Aa

Homens implicados nos atentados na Catalunha “fizeram uma viagem extremamente rápida a Paris”, antes dos ataques. Informação do ministro do Interior francês. Gerard Collomb, acrescentou que a questão está a ser investigada.

O carro em que circulavam os suspeitos foi detetado por um radar da polícia de trânsito, por circular em excesso de velocidade. Desconhecem-se, para já os motivos da viagem à capital francesa. Collomb afirmou ainda os membros da “célula” catalã não estavam a ser controlados pelos serviços secretos gauleses.

O jornal Le Parisien escrevia, esta terça-feira. que o veículo apanhado pelo radar é o mesmo utilizado no atentado de Cambrils e que seguiam quatro pessoas no seu interior. A mesma publicação escreve que a deslocação aconteceu a 11 de agosto e que o grupo pernoitou em Paris.


Segunda-feira foi confirmado, pela polícia catalã, em conferência de imprensa, que o Imã de Ripoll é uma das vítimas mortais da explosão de uma vivenda em Alcalá. Ele seria, ao que tudo indica, o cérebro desta célula e dos atentados que vitimaram 15 pessoas.

Também na segunda-feira, as autoridades policiais abateram o alegado autor do ataque nas Ramblas. Vestia um colete que se pensou estar carregado de explosivos. Acabou por se descobrir que não.