EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

AI atribui morte de civis em Raqqa à coligação internacional

AI atribui morte de civis em Raqqa à coligação internacional
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Segundo a Amnistia Internacional, a intervenção da coligação militar liderada pelos Estados Unidos em Raqqa já vitimou centenas de civis.

PUBLICIDADE

No meio dos combates e da destruição, milhares de habitantes continuam encurralados na cidade síria de Raqqa, o bastião do autodenominado Estado Islâmico. Segundo a Amnistia Internacional, a intervenção da coligação militar liderada pelos Estados Unidos nesta cidade já vitimou centenas de civis.

As forças sírias, apoiadas pela aviação russa, fecharam o cerco aos combatentes do grupo jiadista nas regiões desérticas do centro do país, preparando a batalha pela retoma do controlo deste território que se estende até à fronteira iraquiana a leste. O exército conseguiu bloquear as rotas no deserto de Badiya utilizadas para o abastecimento do Daesh.

É uma etapa crucial para reconquistar Deir Ezzor, o coração de uma região rica em petróleo que continua dominada pelo Estado Islâmico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONG acusam Israel de usar munições de fósforo branco

Número de execuções disparou no ano passado

Lituânia aprova interdição de acesso a migrantes