Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Michel Temer na China à procura de investidores

Michel Temer na China à procura de investidores
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Michel Temer iniciou, esta sexta-feira, uma visita à China.

O presidente brasileiro espera atrair investidores chineses, uma semana depois do anúncio da intenção de privatizar 58 ativos, onde se inclui o maior fornecedor de energia da América Latina, a Eletrobras e o lucrativo terminal de Congonhas, em São Paulo.


Michel Temer e Xi Jinping assistiram à assinatura de 14 acordos de cooperação entre Brasil e China.

Entre os atos fimados está o licenciamento da Fase 2 da Central Hidroelétrica de Belo Monte, no estado brasileiro do Pará; um contrato de financiamento da China Communication and Construction Company para a construção do terminal de Uso Privado no Porto de São Luís, no Maranhão, avaliado em cerca de 590 milhões de euros. Foi, ainda, assinado um memorando de entendimento para a construção da Central Nuclear Angra 3, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro.


Os dois presidentes estiveram também reunidos e firmaram vários acordos bilaterais onde se inclui a facilitação de vistos de turismo e de negócios, entre os dois países e um memorando de entendimento sobre o comércio eletrónico.

Michel Temer participa depois na nona cimeira dos BRICS que decorre entre três e cinco de setembro, em Xiamen, costa leste da China, e reúne os líderes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.