Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Furacão Irma já chegou à Florida

Furacão Irma já chegou à Florida
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Irma atingiu em força a Ilha de Key West, no extremo sul da Florida, nos Estados Unidos da América .

Com ventos com rajadas superiores a 200 quilómetros por hora, o Irma vai retomando o fôlego à medida que atravessa o estreito da Florida, voltando à categoria 4, numa escala de 5.

O Irma abrandou e move-se a a uma velocidade de cerca de nove quilómetros por hora. O furacão mudou o percurso indo um pouco mais para o oeste do previsto.
Estima-se que a costa da Florida seja atingida por ondas a rondar os cinco metros de altura.


Esta é considerada a pior tempestade registada, até agora, no Oceano Atlântico e levou a uma das maiores evacuações da história dos Estados Unidos.

Milhões de pessoas foram obrigadas a fugir, deixando para trás todos os seus pertences.

“Estamos preocupados pois a nossa casa foi destruída pelo Harvey. Foi inundada e é em Sarasota e agora a inundação será ainda pior”, afirma uma norte-americana.

Milhares de pessoas procuram refúgio em albergues já sobrelotados.


Mais de 275 mil habitações, no estado da Florida estão privadas de eletricidade.

Até agora, o Irma fez pelo menos 25 mortos à passagem pelas Caraíbas.