Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Pyongyang ameaça abater bombardeiros norte-americanos

Pyongyang ameaça abater bombardeiros norte-americanos
Tamanho do texto Aa Aa

A guerra de palavras entre Coreia do Norte e Estados Unidos não tem fim à vista e ameaça cada vez mais tornar-se numa guerra propriamente dita. Entre discursos, testes militares e tweets, Pyongyang deu mais um passo inequívoco nesse sentido.

Ri Yong-ho, ministro dos negócios estrangeiros norte-coreano, declarou que o mundo lembrar-se-á que foram os Estados Unidos os primeiros a declarar guerra e prometeu resposta à altura:

“Uma vez que os Estados Unidos nos declararam guerra, reservamo-nos o direito de responder adequadamente, incluindo o direito de abater bombardeiros estratégicos norte-americanos mesmo que estejam fora do nosso espaço aéreo.”

O Pentágono já reagiu a estas palavras e prometeu todo o apoio necessário a Donald Trump para o presidente norte-americano lidar com as constantes provocações da Coreia do Norte.