Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Triunfo do terror no "Halloween" americano

Triunfo do terror no "Halloween" americano
Tamanho do texto Aa Aa

Aproveitando o ambiente propício do “Halloween” (Dia das Bruxas), o regresso ao grande ecrã da saga de terror “Saw” revelou-se um sucesso de bilheteira nos Estados Unidos. No derradeiro fim de semana de outubro, “Jigsaw: O Legado de Saw”, dos irmãos Spierig, somou 16,6 milhões de dólares (14,2 milhões de euros), de acordo com a Box Office Mojo, e só este período deu para compensar os 10 milhões de dólares (8,6 milhões de euros) de orçamento da produção.



Indiferente à nomeação em fevereiro para pior realizador do ano com “Boo! A Madea Halloween”, Tyler Perry regressa menos de um ano depois com a sequela, “Boo 2! A Madea Halloween”, e desta feita já conseguiu pelo menos ficar no segundo lugar da melhor bilheteira americana do fim de semana pré-“Halloween”, ultrapassando os 10 milhões de dólares. É um filme contudo de novo sem estreia anunciada em Portugal ou no Brasil.



A confirmar a maior apetência dos norte-americanos pelos filmes de terror neste período festivo de bruxas e monstros, “Feliz Dia para Morrer”, foi o quarto filme a arrastar mais gente às salas de cinema dos Estados Unidos. O filme de Christopher Landon somou cinco milhões de dólares nas bilheteiras, um pouco abaixo, ainda assiim, do “blockbuster” “Geostorm: Ameaça Global”, que somou 5,9 milhões de dólares e fechou o pódio.




</p<