Oito mortos no ataque terrorista em Nova Iorque

Oito mortos no ataque terrorista em Nova Iorque
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma carrinha de caixa aberta atropelou várias pessoas no sul de Manhattan. As autoridades confirmam que se tratou de um ato terrorista. Oito pessoas morreram e mais de uma dezena ficaram feridas.

PUBLICIDADE

O terror atingiu Nova Iorque em pleno Halloween.

Oito mortos e pelo menos 15 feridos, dos quais vários em estado grave, é o balanço do ataque desta terça-feira, no sul da ilha de Manhattan.

Um indivíduo, conduzindo uma carrinha de caixa aberta alugada, entrou numa ciclovia na Houston Street e começou a atropelar indiscriminadamente ciclistas e vários transeuntes. A carrinha saíu depois da ciclovia e passou para uma outra rua, a Chambers Street, onde só parou quando colidiu com um autocarro escolar. Segundo a polícia, o condutor gritou “Allah u akbar” quando saiu da carrinha e foi alvejado, tendo sido atingido no abdómen..

O presidente, Donald Trump, escreveu um tweet de condolências às famílias:

My thoughts, condolences and prayers to the victims and families of the New York City terrorist attack. God and your country are with you!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 31 octobre 2017

e outro onde afirma: “Não podemos permitir ao Estado Islâmico que entre no nosso país, depois de o termos derrotado no Médio Oriente e noutros sítios. Basta!

We must not allow ISIS to return, or enter, our country after defeating them in the Middle East and elsewhere. Enough!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 31 octobre 2017

O presidente da câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, declarou: “Isto foi um ato de terror, um ato particularmente cobarde de terror. Destinado a civis inocentes, pessoas que seguiam as suas vidas sem ideia do que iria acontecer-lhes”.

De Blasio pediu aos novaiorquinos que continuem as respetivas vidas, porque “Nova Iorque é um símbolo de liberdade e é esse símbolo que os terroristas querem atacar”.

Foi anunciado um reforço policial para os próximos dias, mas a autarquia garantiu que nenhum dos festejos previstos para o Halloween será anulado.

As autoridades não revelaram ainda a identidade do atacante, que foi internado num hospital da cidade, mas, segundo os media americanos, trata-se de Sayfullo Saipov, um cidadão do Uzebequistão, de 29 anos, que chegou aos Estados Unidos em 2010.

BREAKING: Lower Manhattan terror attack suspect identified as Sayfullo Saipov https://t.co/RPZO6hb4La

— Fox News (@FoxNews) 31 octobre 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parada de 'Halloween' desafia terror em Nova Iorque

Estudantes chocados com ataque

Choque e receio nas ruas de Nova Iorque