A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Polícia italiana aperta cerco a líder da "Cosa Nostra"

Polícia italiana aperta cerco a líder da "Cosa Nostra"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Castelvetrano, no Oeste da Sicília, foi o cenário de mais um episódio na longa luta da polícia italiana contra a máfia. As autoridades locais procederam à confiscação de bens no valor de vários milhões de euros, nos quais se inclui parte de um castelo medieval, e que pertenciam a Giovanni Franco Becchina.

Um comerciante local suspeito de tráfico de arte com Matteo Messina Denaro, tido como líder da “Cosa Nostra”, a máfia siciliana, procurado pela justiça desde 1993 e também ele natural de Castelvetrano.

Becchina já por várias vezes foi investigado por tráfico de peças de arte, maioritariamente provenientes das ruínas gregas de Selinunte mas quando foi levado à justiça o julgamento colapsou uma vez que os crimes já tinham prescrito.