Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Alta tensão em Nairobi

Alta tensão em Nairobi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Tensão elevada nas ruas de Nairobi com a polícia a intervir com gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar protestos na sequência do assassinato de quatro pessoas durante a noite.

Partes da capital queniana já estavam ao rubro depois de na sexta-feira cinco pessoas terem morrido em confrontos entre apoiantes da oposição e a polícia durante a visita do líder opositor Raila Odinga.

Este domingo, Odinga, que aguarda a decisão de segunda-feira do Supremo Tribunal sobre a legalidade da repetição das eleições no mês passado, visitou o local onde foram encontrados os cadáveres e acusou o governo de ser responsável.

Os crimes aconteceram num bastião de apoiantes, a zona 4 do bairro pobre de Mathare.

Segundo a polícia, os manifestantes consideram que os assassinatos têm motivação político-étnica e acusam o grupo criminoso Mungiki de ser o autor. Durante os protestos três veículos de transporte coletivo de passageiros foram incendiados.