A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Mitsubishi Materials admite falsificação de dados

Mitsubishi
Mitsubishi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No Japão há mais um gigante a admitir problemas no setor de controlo de qualidade. A Mitsubishi Materials reconheceu que três das suas subsidiárias falsificaram dados técnicos de alguns dos produtos como cobre ou alumínio, juntando o seu nome a outras referências da economia nipónica como a Kobe Steel ou a Nissan.

O problema afeta produtos vendidos entre abril e setembro de 2015, com mais de 250 clientes afetados nos setores automóvel, aeronáutico e de maquinaria industrial.

O anúncio teve naturalmente repercussões na bolsa de valores. A transação das ações da empresa esteve suspensa nos primeiros 18 minutos da sessão e quando voltou às negociações na praça financeira de Tóquio chegou a cair até 10,75%, o pior nível do dia, acabando por encerrar a perder 8,07% até aos 3.760 ienes (28,46 euros).