Última hora

Protestantes pró-Palestina acusam Macron de ser cúmplice de Trump

Protestantes pró-Palestina acusam Macron de ser cúmplice de Trump
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

De um lado bandeiras da Palestina, do outro, bandeiras de Israel.

Os confrontos foram na Praça da República, em Paris. Dezenas de manifestantes pró-palestinianos decidiram erguer cartazes contra a visita do primeiro-ministro israelita ao país e não só. Emmanuel Macron também foi posto na mira dos protestantes. Acusam-no de ser cúmplice de Donald Trump no que diz respeito à "mudança" de capital israelita. 

Os confrontos obrigaram a um reforço na segurança policial.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.