Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Explosão em Nova Iorque é tentativa de ataque terrorista

Explosão em Nova Iorque é tentativa de ataque terrorista
Tamanho do texto Aa Aa

Um engenho explosivo deflagrou ao início da manhã, em plena hora de ponta em Nova Iorque, início da tarde em Lisboa. O incidente ocorreu num dos túneis que ligam o edifício da Autoridade Portuária, a maior estação de autocarros dos Estados Unidos, e a rede de metro. A polícia de Nova Iorque já deteve o suspeito. A explosão provocou, segundo a polícia, quatro feridos, um deles será o detido, todos eles sem gravidade.

O presidente da câmara de Nova Iorque já disse tratar-se de uma tentativa de ataque terrorista:

"Esta foi uma tentativa de ataque terrorista. Graças a Deus, o suspeito não atingiu o seu objetivo final, graças a Deus, a nossa resposta foi rápida, resolvemos rapidamente a situação de forma a garantir a segurança das pessoas", explicou Bill de Blasio. 

O suspeito é um homem de 27 anos, identificado como Akayed Ullah, habitante do bairro do Brooklyn, e que tinha amarrado ao corpo, com velcro, "um dispositivo explosivo rudimentar", que provavelmente explodiu prematuramente. Informação avançada pelo chefe da polícia local.

Um alto funcionário da polícia adiantava que o indivíduo detido é originário do Bangladeche e encontrando-se a residir nos Estados Unidos há sete anos.

Um correspondente da televisão estatal israelita publicou, na sua conta de Twitter, uma foto que diz ser do suspeito a ser detido pela polícia.

O Presidente dos EUA foi já informado sobre o sucedido, o presidente da câmara de Nova Iorque, Bill De Blasio, também.

O autor do atentado teria agido em nome do grupo extremista Estado Islâmico.