Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Eurodeputados cautelosos sobre acordo de divórcio do Brexit

Eurodeputados cautelosos sobre acordo de divórcio do Brexit
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento Europeu quer o acordo sobre os termos do divórcio do Brexit, alcançado na semana passada, seja tornado juridicamente vinculativo o mais depressa possível.

Na sessão plenária de terça-feira, em Estrasburgo, os eurodeputados debateram o tema e mostram-se cuidadosos sobre passar à segunda fase negocial.

“Qualquer período de transição está dependente do progresso que venha a ser alcançado na segunda fase. Se houver progresso, podemos falar sobre um período de transição, caso contrário não haverá período de transição”, disse Manfred Weber, líder do centro-direita.


Reino Unido e Comissão Europeia chegaram a um acordo de princípio sobre a fronteira na Irlanda, a conta a pagar pelo governo de Londres e os direitos dos cidadãos.

“Há ainda algumas pontas soltas, especialmente sobre os direitos dos cidadãos, que pretendemos que sejam vinculativas no acordo final”, avisou Philippe Lamberts, co-líder dos Verdes.


Cabe aos chefes de Estado e de Governo, reunidos em cimeira, no final da semana, em Bruxelas, aprovar formalmente a passagem para a fase de negociação sobre um período de transição e o futuro acordo comercial.