A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Disney compra 21st Century Fox por 44 mil milhões de euros

Disney compra 21st Century Fox por 44 mil milhões de euros
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Disney confirmou hoje a compra da maioria dos ativos da 21st Century Fox, do multimilionário Rupert Murdoch, por cerca de 44 mil milhões de euros. Em causa está, mais concretamente, a aquisição dos estúdios de cinema e de televisão, os canais FX, National Geographic e parte da Star.

A operação da empresa liderada por Bob Iger integra-se na recente estratégia expansionista da empresa, que em 2012 reforçou a sua posição com a compra da LucasFilms, detentora da saga Guerra das Estrelas', por um valor ligeiramente superior a três mil milhões de euros.

"Estamos a fazer isto porque oferece-nos a capacidade de casar o excelente conteúdo da Fox com o excelente conteúdo da Disney. Isso dá-nos um maior peso internacional e tecnologia de ponta para alcançar os consumidores de formas muito mais interessantes", afirmou o gestor ao programa 'Good Morning America'.

A operação, que vem reforçar ainda mais o já vasto portefólio da empresa fundada por Walt Disney, está ainda sujeita à aprovação das entidades reguladoras norte-americanas.

Foi também com os olhos postos no futuro que Bob Iger anunciou a operação, já que a aquisição inclui a plataforma online Hulu, a aposta da Disney para responder ao crescimento atual de Netflix e Amazon.

"Não estamos a procurar alcançar a escala da Netflix rapidamente, mas certamente esperamos ser um concorrente capaz. Mais importante ainda, acreditamos que este é o caminho do futuro: poder chegar diretamente aos consumidores", acrescentou.

Com este negócio, a Disney assume igualmente a dívida de 11,6 mil milhões de euros da Fox, sendo que a família Murdoch passa a deter menos de 5% da Disney, segundo o jornal Financial Times. A publicação refere ainda que o filho do multimilionário australiano, James Murdoch, tenciona sair da empresa da família e que o seu destino poderá inclusivamente estar no comando da Disney.

Em relação ao futuro do maior grupo do entretenimento mundial, Bob Iger já anunciou que irá prolongar o seu mandato até 2021, dois anos além daquilo que estava previsto, para assegurar a integração plena dos ativos desta operação.

Por sua vez, o grupo do magnata Rupert Murdoch, de 86 anos, vai criar agora uma outra filial, na qual vai agrupar a Fox News, outras estações de informação e canais de desporto que não vão ser alienados nesta transação milionária.

O processo de compra deve ficar fechado num prazo de 12 a 18 meses.