Última hora
This content is not available in your region

Greve de pilotos da Ryanair em Itália

Greve de pilotos da Ryanair em Itália
Tamanho do texto Aa Aa

Os pilotos e assistentes de voo da Ryanair em Itália vão paralisar durante de quatro horas esta sexta-feira. Um protesto contestado pela empresa irlandesa que ameaça retaliar. Congelamento da progressão na carreira e dos aumentos salariais são duas das ameaças que constam na carta assinada pelo responsável do pessoal da Ryanair e divulgada pela comunicação social transalpina.

O protesto desta sexta-feira foi convocado pela Associação Nacional de Pilotos de Aviação Civil que exige um contrato coletivo único para os pilotos e para o pessoal de bordo que operam a partir de Itália.

Também os pilotos da Ryanair em Portugal e com base na Irlanda anunciaram uma greve para a próxima quarta-feira. Melhores condições de trabalho e melhores salários são duas das reivindicações.

As paralisações surgem depois de a empresa ter sido obrigada a cancelar milhares de voos por falta de pilotos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.