Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Apple pede desculpa

Apple pede desculpa
Tamanho do texto Aa Aa

A admissão de que diminuía intencionalmente a velocidade de processamento dos iPhones mais antigos continua a fazer ondas e esta quinta-feira a Apple pediu desculpa aos clientes pelos mal entendidos criados e prometeu desenvolver esforços para reconquistar a confiança dos utilizadores.

O gigante da tecnologia referiu em comunicado que seria incapaz de prejudicar o funcionamento dos seus produtos e esclareceu que a lentidão provocada nos modelos antigos se devia à degradação natural da bateria e a mudanças no software que tinham por objetivo precisamente prolongar a vida útil do aparelho.

Nesse sentido, anunciou ainda uma redução drástica no preço de substituição de uma bateria nas suas lojas e que estará em vigor no mundo inteiro durante o ano de 2018.