EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Não estou a fazer um apelo, estou a fazer um alerta"

reuters
reuters
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Secretário Geral das Nações Unidas deixou uma mensagem de ano novo em forma de aviso

PUBLICIDADE

Um ano de secretário geral das Nações Unidas, um ano a ser das vozes mais poderosas do mundo, 2017 foi para António Guterres um ano de conflitos. O secretário geral das Nações Unidas, no último dia do ano, deixa um aviso:

*"No dia do Ano Novo de 2018, não estou a emitir um apelo, estou a emitir um alerta - um alerta vermelho para o nosso mundo. Os conflitos aprofundaram-se e novos perigos surgiram. As ansiedades globais sobre as armas nucleares são as mais elevadas desde a Guerra Fria, e as mudanças climáticas estão a mover-se mais rápido do que nós. As desigualdades estão a crescer, e vemos violações horríveis dos direitos humanos. O nacionalismo e a xenofobia estão em alta, e, quando 2018 começar apelo à união". *

Um apelo à união, à paz e ao combate das desigualdades mundiais. Desejos para 2018 em fomra de aviso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU diz que podem ter sido cometidos crimes de guerra na operação de resgate em Gaza

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução dos Estados Unidos para um cessar-fogo em Gaza

ONU confirma a detenção de 11 funcionários no Iémen